.post a img, .post img { width: 695px; height: auto; padding: 0; margin: 0px -40px 0px -40px; border: none; } -->

03 março 2018

Você precisa ler o livro do Juvenal Arruda

Todo mundo tem sentimentos e lembranças guardadas dentro de si. Às vezes, eles ficam dentro de nós por anos, sem nunca serem expostos e revelados aos outros. Juvenal Arruda, embora não seja um jovem tímido, costuma se dizer melhor por meio da sua arte predileta –a poesia! Através dela, ele coloca, para quem quiser ver, sentir, saborear, seus sentimentos mais íntimos sobre diversos assuntos, como: amor, felicidade, paixão, sonhos e tantos outros temas que norteiam nossa existência. O autor nos convida a fazer poesia, sem necessariamente escrevê-la, basta abrir o coração, ativar a memória e escutar sua voz interior.

Nunca na minha vida me imaginaria lendo e gostando tanto de um livro com poesias, sim gente, poesias. Pequenos textos que significam muito e nos faz refletir profundamente sobre os nossos sentimentos e o nosso lado interno. E o livro do Juvenal Arruda me fez, literalmente, escutar dentro de mim, em uma leve chamada e com uma linguagem muito simples que entrega a qualquer um a sua mensagem poética e confortável, desde a quem está sentindo até a quem procura entender.

A maneira que os assuntos são abordados te fazem entrar num mundo imaginário e pensar em cada cena, como se fossem reais, e em algum momento poderiam estar acontecendo exatamente aquilo, com mais detalhes e uma maneira um pouco diferente. Tudo me encantou, desde a capa - que o fundo é muito aproximado a cor de 2018 -, até as primeiras páginas, que só me deu mais sede ainda de seguir esse caminho de sentimentos tão superficiais mas que de alguma maneira dá o despertar de algum conceito em ti. Realmente, estou sem palavras para descrever o quão amei o livro, é tão simples mas que te faz cair num grande percurso de puro conforto ao ler mentalmente cada palavra escrita pelo jovem Juvenal.

Escutei dentro de mim, em meu ver, reflete muito a vontade interna de muitos adolescentes que se limitam a amar, acreditar em si próprio e se iludir em algo que na verdade está cá fora da internet, mas quer que o mundo virtual seja seus sentimentos, seu estado atual e sua perspectiva. Foi o que percebi no poema Amor digital, que já se tornou o meu preferido. São coisas que remetem o nosso dia-a-dia e ele soube perfeitamente transferir isso em tão poucas palavras e fazer com que quem estivesse lendo, sentir essa mesma sensação, a expressão é forte, o sentimento é verdadeiro e tudo isso junto formam a perfeição que esse livro é.

Só tenho a agradecer ao Juvenal Arruda por me apresentar a sua obra que já se tornou um dos meus livros favoritos, apesar de sair totalmente da categoria que mais tenho afinidade, me conquistou por inteiro. E se você se interessou no livro, pode adquirir ele na Livraria Cultura e no próprio site da editora Autografia.

*Compre na Livraria Cultura aqui
*Compre na Editora Autografia aqui

6 comentários:

  1. Agradecido pelas palavras de identificação! Fico extremamente feliz quando consigo tocar a alma do outro através de minha poesia! 😍😍😍

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu quem agradeço por ter me apresentado o seu livro maravilhoso.

      Beijos do Deivy!

      Excluir
  2. Olá Deivy!

    O livro me pareceu bem bacana e interessante!
    Amo poesia, mas sou péssima em escreve-las!
    Saudades da época da escola que eu tentava escrever elas!

    Tenha uma semana ainda mais abençoada!
    xoxo, Pam!

    https://palomari.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paloma!

      De vez em quando dou uma de poeta e escrevo algumas que saem muito bem, tocante, profunda, mas nada a nível de uma pessoa que realmente escreve essa categoria. Sou mais pra crônicas mesmos, amo textos longos e com bastante detalhes e profundidade nos assuntos.

      Beijos do Deivy!

      Excluir
  3. Amo poemas e esse livro é um prato cheio até pra quem não gosta! O meu poema favorito do livro é "Amanhecendo" ❤
    Ah, e adorei sua resenha, Deivy. Sucesso ao blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raiene, já estou quase repetindo o livro milhares de vezes e procrastinando para durar mais kkkkkkkk.

      Muito obrigado,
      Beijos do Deivy!

      Excluir