.post a img, .post img { width: 695px; height: auto; padding: 0; margin: 0px -40px 0px -40px; border: none; } -->

05 maio 2018

Como a arte impacta na nossa vida

É incrível como as cores, palavras, fotografias e tudo aquilo que reflita uma mensagem (ou sentimento!) causa um grande impacto nas nossas vidas, maneira de agir e até mesmo, tem o poder de nos fazer refletir sobre as nossas próprias ações no dia-a-dia. Nos momentos que estamos vivenciando atualmente, a arte tem um papel fundamental na hora de entendermos o que está ocorrendo no nosso país e como podemos nos posicionar para poder combater essa avalanche de corrupção, fascismo e principalmente, falta de empatia com as outras posições.

E então me peguei pensando em como as cores, as artes e todo o movimento militante, que utiliza desta arma para alcançar mais pessoas, de alguma forma influencia na nossa maneira de ser, estar e pensar sobre tudo e todos. É extremamente notável a presenta dela quando se trabalha com pessoas, ao ar livre (nem sempre) e principalmente, com internet. A nossa inspiração e criatividade, muitas vezes necessita de algo divertido, colorido, chamativo e que transmita esses sentimentos e possíveis conteúdos, que geralmente, não tem nada a ver com o que iremos produzir. Em sua maioria, é utilizada para passar uma ideia ou proposito a frente, como propagandas e publicidades que encontramos pela internet a dentro, na TV, revistas, blogs e sites e principalmente, jornais impressos e online.

Percebeu como essa pequena palavra é imensa quando aprofundada? Os movimentos feministas, LGBTQI+ e outros, passaram a utilizar de símbolos, mensagens bem editadas e produzidas capazes de circular em diversas redes e formatos sem perder a qualidade e formação, uma ideia que consegue alcançar diferentes pessoas, apoiadores e passar verdade. A arte é revolucionária, ela abraça, apoia, julga, desmascara e escancara para todo mundo o que de fato é. É censurada, desvalorizada e pisoteada, por aqueles que tem medo de serem derrubados por um movimento que une a todos e estremece qualquer plataforma, incluindo governos, representantes fascistas, movimentos corruptos e candidatos que vivem de uma imagem falsa e totalmente teatral, utilizando da arte para seu ego e façanha. Incrível né?


Ela tem vários lados, é versátil na maneira de ser utilizada e apresentada, trás verdade e também a
mentira. Compartilha cores vibrantes, aquelas que gritam sons confortáveis para o nosso coração, as vezes o barulho ensurdecedor da escuridão da noite que oprime, cala e adormece para sempre as pessoas que vivem sem segurança e conforto pelas ruas. Milhares de momentos me perguntei porque havia a matéria de Artes nos colégios, mesmo sendo blogueiro e utilizando dela. Hoje pude perceber que é uma maneira de expressar sentimento, paixão, também um grito por atenção, uma maneira de sentir-se mais leve, outra forma de desabafo, criando uma nova pessoa que não julga, mas ouve e expressa para que outras pessoas entendam através de desenhos coloridos, o quão mal se sentiu naquele momento.

Ela fala, mesmo sem emitir som.

O que normalmente faço, quando escrevo as postagens comportamentais, relatando sentimentos, acontecimentos, expectativas sobre o meu ser, conexão intensa entre os outros e a minha pessoa, e simplesmente, o meu amor pelo mundo, pelas cores, momentos, o desejo de escrever intensos romances vividos em tão pouca idade. E a cada dia, a arte vai vivendo, compreendendo e sendo aceita em todos os meios. Dando seu nome, legado, créditos a incríveis artistas e principalmente, popularidade e nome a quem soube amar e respeitar o pincel que usa, a palavra que escreve e/ou recita, a câmera que capta momentos incríveis e sempre, a esperança no olhar de todas as pessoas que buscam e lutam por um mundo melhor.
É impossível olhar para dentro de si mesmo, e não haver nenhum momento em que a arte esteja presente na sua vida, seja na escola, nos momentos diários, no caminhar pela rua ou até mesmo dentro da sua própria casa. Esse é um dos principais motivos para utilizar dela como principal forma para marcar os outros em prol de um movimento militante, como o feminismo, que possui um símbolo especifico, o movimento negro também tem a sua marca, a bandeira LGBTQI+, tudo aquilo que se representa com uma imagem/ícone ou qualquer coisa que reflita a sua personalidade/luta, será perceptível ao ser compartilhado e deparar com o mesmo por ai.

A arte é uma arma se souber ser usada!


© Imagens: Unsplash e Kaboompics

Nenhum comentário:

Postar um comentário