.post a img, .post img { width: 695px; height: auto; padding: 0; margin: 0px -40px 0px -40px; border: none; } -->

12 junho 2018

Hoje eu decidi me amar

É dia dos namorados (pelo menos quando estou escrevendo este texto), e diversas pessoas me perguntaram onde está a minha pessoa amada, vi também muitos rapazes levando boques de flores para a sua pessoa amada e ouvi de relance muitas pessoas conversando sobre o presente recebido neste dia tão desejado, esperado e superestimado pelos adolescentes de mentes perturbadas por uma ansiedade, em querer apressar o tempo para tudo. Na prática, eu também sou uma pessoa extremamente ansiosa, seja pelo amor ou pelo futuro, pelos acontecimentos ou acasos. Tudo para mim é uma tremenda expectativa, talvez numa tentativa de saciar a minha vontade de que, tudo tem que acontecer naquele exato momento.

Neste dia dos namorados, preferi fazer algo diferente além de admirar e notar todos os meus bons sentimentos presentes no cotidiano, uma prática que vem me fazendo muito bem. Decidi me amar mais, descobrir as minhas vontades, desejos, o meu eu por inteiro. Construir os meus sonhos cada vez mais, desenvolver uma pessoa melhor pensando em mim, criar conteúdo a fim de crescer e compartilhar cada vez mais qualidade e conhecimento, trazer assuntos à tona para que possamos criar uma discussão bacana e saudável, criar mentes pensantes e criativas.

Hoje eu decidi me amar. Amor próprio é uma coisa que sempre pregamos e pouco fazemos, algo muito difícil de ser mantido, colhido e desfrutado todos os dias. Como adolescente, eu vivo pedindo e buscando pelo relacionamento dos sonhos, como se fosse a coisa mais importante da minha vida, algo que iria fazer toda a diferença (e faz, pouca, mas muita coisa muda), mas não tem como possuir e encontrar a pessoa amada, sem amar a si próprio, estar bem consigo mesmo, entender e compreender perfeitamente que o outro será apenas um complementar e não a sua metade. Ser metade da laranja de alguém, só da a alusão de que você nunca foi completo, então seja completamente você.

Bom, feliz dia dos namorados para quem ama outro e a si próprio. 

4 comentários:

  1. Olá Deivy, tudo bem?
    Excelente texto/reflexão!
    Esse dia também não faz muita diferença na minha vida.
    A pressa realmente atrapalha tudo, que pode se esperar e ter momentos melhores!
    Concordo com as coisas que disse!
    Amor próprio realmente é tudo, precisamos cada vez mais dele.
    Feliz 12 de junho, espero que tenha sido um bom dia para você!

    Tenha uma semana ainda mais abençoada!
    xoxo, Pam!

    https://palomari.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paloma
      Muito obrigado, realmente, precisamos nos amar mais.

      Beijos do Deivy!

      Excluir
  2. Lindo post é bom quando a gente se ama e descobre quem realmente é antes de esperar amor dos outros
    adorei o blog e te sigo
    https://coisasdecrespasoficial.blogspot.com/2018/06/rivalidade-feminina-vs-sororidade.html

    ResponderExcluir