.post a img, .post img { width: 695px; height: auto; padding: 0; margin: 0px -40px 0px -40px; border: none; } -->

22 agosto 2018

Uma carta para mim mesmo

Tudo bem tentar ser forte o tempo todo e não conseguir de vez em quando, te vi crescer pelos mesmos olhos que percebeu o mundo mudar de repente, você foi guerreiro em cada segundo quando não deixou a tristeza destruir os seus sonhos e desmanchar a sua felicidade constante. Queria poder te abraçar agora, envolver-te com os mais intensos sentimentos que esquenta o seu coração diariamente, dizer que está tudo bem amar um alguém e não ter coragem de falar, mesmo sentindo que este alguém nunca mais será seu novamente, não mais sentirá o seu cheiro, o calor da sua boca e o coração pulsando rapidamente ao estarmos juntos, mesmo que seja por alguns minutos.

Eu sinto que precisaremos um do outro a qualquer momento e em alguns instantes só restará nós dois, é assustador, eu sei!


Os dias estão passando rápido, seus olhos brilham cada vez mais que ficamos cara-a-cara no reflexo do espelho, creio que está se aproximando e compreendo que todos têm defeitos, e você não será uma exceção de todo universo. Mas enquanto cresce e floresce, peço que jamais deixe as estrelas dos seus olhos pararem de brilhar. Peço que os seus sonhos sejam cada vez mais coloridos, que seu corpo encontre cada vez mais almas tão intensas quanto as suas e não deixe a rosa que brotou em seu peito morrer por falta de amor próprio, é isso que a mantêm viva, desabrochando cada vez mais.

É difícil, eu sei! Quanto mais luta contra a infelicidade, mais apanha da vida e se desaponta com ela, mas sei que há contigo os mais poderosos seres místicos, as mais verdadeiras pessoas e uma força e coragem tão gigantesca que não há ferida que não ouse se curar.

É lindo de ver como se empenha para o seu bem estar para um futuro promissor, para uma velocidade constantes, mesmo perdendo as esperanças do amanhã, isso mostra o quão confia em si mesmo com o mundo mostrando o contrário e querendo ser covarde contra ti. Desde os 10 anos revolucionou o que sentia que não faria parte da sua natureza de maneira alguma, teve coragem de ser sozinho contra o que acreditava estar errado. E hoje o mundo mostra o quão machista é, e o quão está contra a sua felicidade individual. E bem lá no fundo, você teve toda a razão. E recebeu um transtorno psicológico a toa.

Gosto de ver o seu riso ao ler os comentários dos leitores que admiram e confiam no que escreve, sei o quão seu coração esquenta, mesmo após 8 anos de muitos altos e baixos. Até quando era zombado no colégio de vez em quando por escolher uma profissão bem fora do comum, ou quando recebia os comentários indiretos para escolher uma outra profissão pois essa não daria certa. Mais uma vez, mostrou o contrário. Queria que o mundo soubesse o quão a sua saúde mental está fragilizada, o quão a ansiedade te desanima todos os dias. Mas nem tudo que queremos, podemos! Então quero que saiba que estarei sempre contigo.

Seja com, ou contra o mundo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário